quinta-feira, 30 de dezembro de 2010


O Diário de Anne Frank

5


Termino o ano lendo o famoso Diário de Anne Frank. A minha vontade de ler este livro vem desde a adolescência, mas não havia tido oportunidade. Pois hoje acabei de lê-lo. Não é um livro que te prende pela história mirabolante, mas pelo drama real que aquelas oito pessoas passaram durante os dois anos em que estiveram confinadas no "anexo secreto".
Como todos sabem, Anne não sobreviveu, morreu aos 15 anos vítima de tifo, em um campo de concentração.


Antes de ler o livro, minha mente imaginava que Anne era uma menina ingênua, inocente, simples. Não sei dizer porquê. Julguei o livro pela capa! Mas o que acabei descobrindo, foi uma jovem sensível, questionadora, impulsiva, e com um futuro promissor. Ela não se contentava apenas em ser dona de casa, em uma época em que as mulheres só faziam isso. Anne queria descobrir, amar, escrever, enfim, viver.
Seus sonhos foram brutalmente interrompidos, pela maldade humana. Como tantos outros milhares de judeus, acabou seus dias em um campo de concentração nazista, e sequer teve um enterro digno. Foi jogada em uma vala cheia de corpos.


Não quero entristecer ninguém com meu post, tá? Apenas recomendo que se tiverem tempo e interesse, leiam este livro.
Aproveite o ano novo que está às portas para refletir. Não estamos presos, escondidos. Estamos livres. Temos que aproveitar ao máximo os raios de sol, a chuva, o vento, sentir a água do mar tocando nossos pés, sentir o cheiro das flores. Parece simples, não? Mas acredite, são coisas de um valor imensurável.

Um grande abraço e feliz 2011 a todos nós!

5 Comentários que amo!:

Ana Karina ♫ disse...

Tb sempre quis ler e não sei porque nunca li. Mas vai estar na lista das minhas próximas leituras!
Bjs e um feliz 2011!!!

Carmen Martins disse...

Oi Josi, obrigada pela visita ao Achados de Decoração! nossa, menina! eu li este livro lá pelos anos 80, e eu fiquei muito chocada com tudo. A gente vê a menina se tornar mulher em tão pouco tempo, não é? Que pena que td deu errado, mas sua história serve para nos trazer experiência de vida, né? beijos querida Volte sempre

Lilica disse...

Vc mandou super bem em seu blog, com este post.
Um ler é conhecer, viver e aprender...li o livro e tive oportunidade de conhecer alguns campos de concentração, e visitar a casa onde Anne ficou...em minha viajem à Europa ano retrasado, aprendi tbm, o tão quanto somos pobres em sabermos nossa própria cultura...por isso ressalto, sua dica de ler é ótima!!!!

E sugiro atravéz de seu espaço, para que leiam pelo menos um livro por mês, ou a cada dois meses...mas leiam muito durante o ano!!!
Bjks.
Com carinho,
Lilica.

elimattoso@uol.com.br

Silvia disse...

Já li. Seu comentário foi perfeito.

Niik disse...

Acabei de ler Anne Frank, não faz dez minutos que terminei. Realmente me emocionei muito com a história dela. Uma menina tão sonhadora me identifiquei muito com ela, sem mais comentários, posso dizer que essa garota, mudou meu jeito de ver o mundo.. de viver!